BLOG VETPLAN
Sabia que cães podem ter intolerância a glúten?

Existem rações específicas para os cães celíacos e formas simples de tratá-lo

Muitas vezes os cães ficam resistentes à própria ração e recusam-se a comer. É comum nessas horas o tutor achar que é "frescura" ou que o animal só quer ganhar biscoitinhos. Mas na verdade pode ser algum tipo de alergia ou deficiência do corpo, como a intolerância a glúten.

Sim, os cães também podem ser celíacos e desenvolver um tipo de resistência a essa substância, bem como os humanos. Mas afinal o que é a intolerância a glúten ? É a alergia a esse tipo de proteína, presente em inúmeros alimentos, como cevada, trigo e aveia. O corpo do cachorro apresenta uma dificuldade na hora de digerir esse tipo de substância e apresenta reações.

Alguns sintomas clássicos indicam problemas intestinais , que são mais do que uma simples dor de barriga:

  • Diarreia ou prisão de ventre
  • Vômito
  • Falta de ar
  • Convulsões
  • Problemas de pele - isso envolve a coceira, irritação no ânus e ressecamento da pele. A cabeça, pescoço, as patas, as orelhas e o estômago são os mais afetados geralmente.

A pior consequência da resistência ao glúten é o fato de afetar as vilosidades do intestino delgado, partes responsáveis por absorver essa proteína e levá-la à corrente sanguínea. Isso pode deixar o cão desnutrido, já que não tem como processar o alimento ingerido.

Para saber se o cachorro é celíaco, basta fazer um exame de sangue, de urina e de fezes e uma biópsia do intestino delgado. A insuficiência pancreática também deve ser avaliada.

Tratamento

É fácil resolver esse problema, basta trocar a alimentação do pet. Já existem comidas sem glúten para humanos, assim como há rações hipoalergênicas próprias para a resistência a certas proteínas.

Alimentos crus devem ser evitados, principalmente aqueles com farinha. Além de não ser nutritivo naturalmente para o cão, pode conter glúten e prejudicá-lo. É sempre bom ler o rótulo da embalagem de qualquer comida antes de oferecer ao cão. Normalmente o aviso sobre conter ou não essa proteína está escrita em letras grandes.

Gatos são mais propensos a ter esse tipo de intolerância. Mas certas raças de cães também, como o Setter Irlandês e o Samoieda. Afinal, às vezes o problema é genético.

 

Vetplan - O nosso plano é cuidar do seu pet!

Newsletter
Cadastre seu e-mail e receba novidades e promoções VETPLAN
CADASTRE-SE
Redes Sociais
Aplicativo Vetplan
© 2017 - Vetplan Plano de Saúde Animal. Todos os direitos reservados. Opção Comunicação